sábado, março 15, 2008

Check-Up



Quando eu morrer
emoldurem-se em talha dourada
todos os meus atestados de sanidade física
(que não mental).
Sangue-normal.
Tórax-normal.
Barriga-normal.
Tudo normal!

Hipertensão arterial?
Não!

Sabem que às vezes o coração pára de correr?
De solidão?
De nojo?
Sem razão?

Manuel Filipe, In"Poemas de Manuel Filipe",pág.228, Edição de autor

Foto:Rakesh Syal

4 comentários:

António disse...

Será que, como eu, pretende ser o morto mais saudável do cemitério?

Beijinhos

Beatriz disse...

Obrigada Wind :)

Su disse...

gosto de estar aqui com tempo.....

por isso cada vez mais me perco nas tuas escolhas...sempre lindissimas

jocas maradas..sempre menina

Paula Raposo disse...

Sempre soberbo o Manuel Filipe!!