quinta-feira, outubro 18, 2007

***



Esperança:
isto de sonhar bom para diante
eu fi-lo perfeitamente,
Para diante de tudo foi bom
bom de verdade
bem feito de sonho
podia segui-lo como realidade

Esperança:
isto de sonhar bom para diante
eu sei-o de cor.
Até reparo que tenho só esperança
nada mais do que esperança
pura esperança
esperança verdadeira
que engana
e promete
e só promete.
Esperança:
pobre mãe louca
que quer pôr o filho morto de pé?

Esperança
único que eu tenho
não me deixes sem nada
promete
engana
engano que seja
engana
não me deixes sozinho
esperança.

Almada Negreiros

Foto:Ludo Dijckmans

5 comentários:

Rômulo e Remo disse...

È sempre bom ler-te.

Special K disse...

A esperança é algo que devemos sempre trazer dentro de nós.
A foto é óptima, muito forte.
Beijocas.

Mocho Falante disse...

e muitas vezes é ela...a esperança que nos mantém de pé com as suas quimeras de sorrisos

beijocas

Fatyly disse...

A foto retrata bem a força da esperança no pedido poético de Almada. Não é fácil...mas não impossível.
Parabéns pela escolha!

Beijos

Paula Raposo disse...

Soberbo Almada!!