segunda-feira, novembro 29, 2010

Beijo



Diz-me que o beijo
Exprime toda a essência viva e profunda
Da manhã
E diz-me que me queres assim
Planalto e mar
Dunas e luz
Diz-me do beijo que sentes de mim.

Paula Raposo, in"O Verbo Ser", pág.7, Apenas Livros Lda.

Imagem retirada do Google

5 comentários:

Fatyly disse...

Maravilhoso...e não podias ter ilustrado melhor.

Beijocas e um bom dia

Paula Raposo disse...

Muito obrigada, Isabel, por começares a semana com um poema meu! A foto está lidnamente bem escolhida. Muitos beijos meus.

Observador disse...

Boa ideia, Isabel.

E parabéns à Paula pela escrita.

Beijos para ambas.

Nilson Barcelli disse...

O poema é excelente e a Paula merece este teu mimo.
Querida amiga, boa semana.
Um beijo.

maria carvalhosa disse...

Muito bom. Corre poesia nas veias da Paula!
Beijos.