segunda-feira, outubro 20, 2008

Magia



Quando pela manhã se abrem as janelas
E entra a brisa da felicidade, isto é magia.
Quando se cheira uma rosa encantada
E se sente o perfume de um beijo ardente, isto é magia.
Quando os raios escaldantes do sol
Se transformam em fonte eterna, isto é magia.
Quando se mergulha nas gotas da chuva
E navegamos pela imensidão, isto é magia.
Quando se toca na cores quentes do por do sol
E descobrimos cânticos dourados, isto é magia.
Quando se vê no reflexo do brilho do luar
Os contornos íntimos da sua beleza,
Se sente o perfume ardente do teu beijo,
O calor penetrante da tua ternura,
A imensidão absorvente do teu carinho,
Isto é AMOR.

Jorge Viegas

Foto retirada do Google

7 comentários:

mfc disse...

Todo o sorriso é mágico.

Fatyly disse...

Nos pequenos nadas da vida que observamos e absorvemos são repletos de magia e amor.
Lindissimo.

Bom diaaaa, "isto é magia" *****

Paula Raposo disse...

E eu concordo inteiramente!! Sempre magia...beijos.

Só Eu disse...

E Magia é também ler estes textos. Gosteu muito. Parabens
Vou voltar sempre
Beijinhos

peciscas disse...

A inesgotável magia da natureza.
A inesgotável magia do amor.

Nilson Barcelli disse...

Este poema também é magia.
Parabéns pela escolha.
Hoje também falo do amor, ainda que quem ama é porque não pensa...
Beijinhos.

Alien8 disse...

Wind,

Antes de mais, obrigado pelo prémio Dardos. Vou também quebrar as regras e limitar-me a aceitá-lo, porque de igual modo o passaria a quem me lê e comenta...

Gostei particularmente do poema do José Gomes Ferreira. É muito bom lembrar este "poeta militante":

"... Eu, o poeta militante
Que, por ódio à dor que se mascara,
Saí do meu mirante
e vim para a rua de lágrimas na cara..."


Um beijo.