quinta-feira, novembro 29, 2007

Rebeldia



Soltem-me
as algemas

Quero
a minha alma livre
meu corpo livre
meu pensamento livre

Esbofetear o mundo
e cuspir
na vida.

Manuela Amaral

Foto:Elena Vasilieva

3 comentários:

Isabel-F. disse...

Adorei ...

é belissimo o poema.


bjs

peciscas disse...

Quantas vezes sai de nós um grito como esse!

Paula Raposo disse...

Adorei!!!