terça-feira, novembro 27, 2007

Nomeei-te no meio dos meus sonhos



Nomeei-te no meio dos meus sonhos
chamei por ti na minha solidão
troquei o céu azul pelos teus olhos
e o meu sólido chão pelo teu amor.

Ruy Belo

Foto:Howard Schatz

6 comentários:

Paula Raposo disse...

Ruy Belo e eu sem palavras....

Fatyly disse...

E disse tanto em tão poucas palavras. Quem me dera ter um Ruy Belo:)))))

Beijocas

Baby disse...

Amei este poema singelo, que diz tanto com tão poucas palavras.
Parabéns ao Rui Belo e à Wind.

Vim aqui através da Isabel Filipe, que me desafiou, na sequência de um desafio teu.
Gostei de vir e vou voltar.
Um beijinho de boa noite.

Mocho Falante disse...

um poema não precisa de ser longo para dizer muito, pois não Wind? Claro que não!

beijocas

andorinha disse...

Belo poema e não menos bela imagem!
Sei que digo muitas vezes isto, mas é porque o sinto:)
Beijos

papagueno disse...

Lindo poema e a imagem é fantástica, aliás toda a série aquática de Schatz é uma maravilha.
Beijos