domingo, março 31, 2013

Jardim Constantino



Sacudi o granizo do cabelo
que fundamente ainda vive sob o gelo
e disse assim:
- O meu sopro arrefece,
um anjo branco segue nos meus passos-

e porque o improvável acontece
afastei com as mãos os ramos velhos, 
cruzei os braços e sentei-me à sua espera
num dos bancos vermelhos
do jardim.

Manuel Filipe, in"À Beira de Cesário", pág.43

Imagem retirada do Google

4 comentários:

Fatyly disse...

Também tenho um anjo branco, todo branco:)

Gostei!

Beijos e um bom domingo de Páscoa

Observador disse...

Será que todos temos um anjo?

Bj

FireHead disse...

Dizem que sim, temos cada um de nós um anjo da guarda. :)

Nilson Barcelli disse...

E será que o improvável aconteceu mesmo...?
Isabel, minha querida amiga, tem uma boa semana.
Beijo.