sexta-feira, outubro 22, 2010

Aniversário-6 anos

Faz hoje 6 anos que este blog começou.
Na altura, não fazia ideia que ia durar tanto tempo, pensei que era só mais uma coisa que ia fazer para depois, passados uns poucos meses, acabar.
Não foi assim.
Foi durando, durando, quase sem eu dar conta; faltaria à verdade se, neste momento, não referisse o sem número de vezes em que senti vontade de lhe pôr fim.
Neste tempo todo da blogosfera, conheci muita gente por trás do nick. E houve tanta gente que, pela positiva, me surpreendeu! Gente com quem cresci. E é só essa que, neste dia de aniversário, interessa.
Reconheço que ao longo destes seis anos mudei. Mudei muito. Para melhor. Espero!
Posto o que me apetece, quando me apetece e dá prazer. Dialogo com quem gosto, com quem esteticamente admiro e/ou me identifico.
À minha mãe e ao meu padrasto, uma palavra de agradecimento. Muita da minha reencontrada estabilidade se deve à sua vinda para Portugal.
Afinal não somos, todos nós, pertença da tribo? Sozinhos pouco valemos!

Como não podia deixar de ser, o poema de todos os aniversários:

Retrato

Eu não tinha este rosto de hoje,
assim calmo, assim magro, assim triste,
nem estes olhos tão vazios
nem o lábio amargo.

Eu não tinha estas mãos sem força,
tão paradas e frias e mortas;
eu não tinha este coração
que nem se mostra.

Eu não dei por esta mudança,
tão simples, tão certa, tão fácil:
- Em que espelho ficou perdida
a minha face?

Cecília Meireles



Imagem retirada do Google

7 comentários:

Amélia disse...

Não costumo comentar - mas sou sua fiel seguidora de há uns anitos para cá.Parabéns pelo blogue, pelo bom gosto - e espero vir a festejar o 7º aniversário e os seguintes...Só uma coisita: 6 anos não dá direito a essa imagem de velhinha...-:))

Observador disse...

Seis anos. Tempo de fazer contas.
Ou será que não vale a pena fazê-las mas sim seguir em frente, durante mais alguns anos - não imposta quantos - até que o blogue "te doa"?

Acompanho o "WebClub" há relativamente pouco tempo. O suficiente, porém, para me ter deixado ficar e, bastas vezes, deixar a "minha marca".

Continua, Wind.
Parabéns e um beijo.

wind disse...

As contas estão feitas no post Observador:)
Para bom Observador...:)

eli disse...

6 anos?! pois é... a gente habitua-se a assomar à janela para ver se a vizinha Wind tem já as luzes acesas e nem se dá conta que o tempo vai passando :=).

Gosto muito do teu texto. É mesmo, tem de haver esse nexo de pertença para que a plenitude exista.
O poema de C.M e a foto (belíssima)...hum!... para hoje?...bem... não estou lá muito de acordo, não.

Um beijo de parabéns,moça!

eli

Fatyly disse...

Parabéns amiga e continua sempre a pores o que gostas e apenas quando te qpetece e o meu obrigado por fazer parte "da tribo", que subscrevo inteiramente.

Que venham mais 6, mas até lá vamos saboreando um dia de cada vez:)

O poema dos aniversários...nunca é demais reler e esta imagem é linda, mas uma que me tocou muito foi a de 2005:))))

Beijos e um bom serão

Um abração

Luis Neves disse...

Parabéns pelos 6, Tenho conhecido muitos bons poemas por ler o teu blog.
És um verdadeiro serviço publico para a nossa sociedade. Eu tenho vindo aqui diversas vezes e roubo uns poemas para pôr noutro blog.
Luis

Paula Raposo disse...

Parabéns! Dar cabo de blogs já foi a minha especialidade...eheh
Sigo-te há que tempos que já nem sei quanto!
Beijinhos.