quarta-feira, julho 14, 2010

Ao meio dia



Vivem rosas ao meio dia
sorriem com as mãos do silêncio
sorriem com o coração declaradamente aberto
e clandestino; com o sangue dos espinhos
dentro de agosto, ao meio dia, vivem rosas.

Maria Gomes

Imagem retirada do Google

4 comentários:

polittikus disse...

Gostei...

Observador disse...

Interessante, Wind.

Bjs

Fatyly disse...

Sinceramente não percebi...o que tem a ver "rosas, agosto com o meio dia"?
Olha amiga...fico-me por aqui e peço desculpa à poetisa!

Beijocas e um bom serão

Paula Raposo disse...

Gostei! Bonito.
Beijos.