quinta-feira, junho 03, 2010

Para mim



I
Para mim,
o céu é mais pequeno
do que para a formiga.

II

Quando as palavras
já não conseguem magoar mais,
vem o silêncio ferrar-nos .

III

Fui buscar uma árvore
para a minha beira
desenhei o teu nome
na sua ramagem.

IV

Nos dias em que escolho chorar
escondo as horas nos livros,
os passos nas prateleiras
as janelas no rosto
depois contemplo o líquido escorrer feliz.

V

A vida dá a oportunidade de a descobrirmos
pouco o fazemos…
e nesses poucos morremos.

Ana Maria Costa

Imagem retirada do Google

3 comentários:

Fatyly disse...

O "V" é bem verdade e há que descobrir e disfrutar. Gostei imenso!

Beijocas e um bom feriado

Observador disse...

Good. Very good.

Luis Neves disse...

Desculpem mas este vai já parar a outro Blog.
Muito bonito, e vai com a árvore e tudo!