sexta-feira, julho 19, 2013

Matéria Solar-9


Outra vez o pátio vidrado da manhã.
Vais surgir e dizer: eu vi um barco.
Era quando aos lábios me chegava
a porosa argila doutros lábios.
Estava então a caminho de ser ave.

Eugénio de Andrade

Imagem retirada do Google

4 comentários:

FireHead disse...

Como uma ave que voa, livre e sem alforge.

Lmatta disse...

gosto

Observador disse...

I like it.

Bj

Fatyly disse...

Adorei!

Beijocas