domingo, dezembro 04, 2011

Sessenta dias



a volúpia
patética
de querer possuir-te
como o Sol
possui a Terra
nas planícies douradas
dos campos de trigo
do teu sexo
é a primavera
sem a profecia medos e retórica
das frias e neutras
madrugadas
essas evolutas envolventes
do pão de cada dia
parido nos cinco dedos
da tua mão

Miguel Barbosa

Imagem retirada do Google

4 comentários:

Observador disse...

Gosto.

:)

Fatyly disse...

Sinceramente não gostei e não sei dizer a razão! A foto é lindissima.

Beijocas e um bom domingo com este frio do canecooooooooo mas viva o barrete do pai Natal:)

Nilson Barcelli disse...

Lindo.
Beijo.

mfc disse...

A animação da Terra com sentimentos humanos... uma forma linda de a ler e sentir!