sexta-feira, maio 02, 2008

A frescura



Ah a frescura na face de não cumprir um dever!
Faltar é positivamente estar no campo!
Que refúgio o não se poder ter confiança em nós!
Respiro melhor agora que passaram as horas dos encontros,
Faltei a todos, com uma deliberação do desleixo,
Fiquei esperando a vontade de ir para lá, que'eu saberia que não vinha.
Sou livre, contra a sociedade organizada e vestida.
Estou nu, e mergulho na água da minha imaginação.
E tarde para eu estar em qualquer dos dois pontos onde estaria à mesma hora,
Deliberadamente à mesma hora...
Está bem, ficarei aqui sonhando versos e sorrindo em itálico.
É tão engraçada esta parte assistente da vida!
Até não consigo acender o cigarro seguinte... Se é um gesto,
Fique com os outros, que me esperam, no desencontro que é a vida.

Álvaro de Campos

Foto:Piotr Kowalik

4 comentários:

peciscas disse...

Volta o Pessoa ao tema de "não cumprir um dever".
Acho que a qualquer um de nós, em certas circunstâncias, apetece dizer algo como isso:
Sou livre, contra a sociedade organizada e vestida.

andorinha disse...

Um belo poema!

Realço também a frase já citada pelo Peciscas: "Sou livre, contra a socidade organizada e vestida."

Devíamos ser todos muito mais.
Beijos.

Curiosa disse...

Desviando-me do tema do post, informo que A Petição em Prol das Crianças Vítimas de Crimes Sexuais FOI ENTREGUE.

Ultrapassadas largamente as 4 000 assinaturas, a 3 de Janeiro remeteu-se carta ao Exmo. Presidente da República Portuguesa, na qual se solicitou uma audiência para a entrega da Petição.

Posto o tempo de espera, que não pode ser indefinido, as acções urgem.

Ainda sem a aguardada resposta da Presidência, a Petição com 13 072 assinaturas válidas no total (4 757 online e 8 315 manuscritas), foi entregue a 29 de Abril no Palácio de Belém, contra prova de recepção.

Agradecemos profundamente a TODOS os que de coração aberto se uniram nesta causa, contribuindo de diversas formas na sua divulgação e recolha de assinaturas.

Sem vós, não se teria chegado aqui. Bem-hajam!

papagueno disse...

Não sou original mas também reti a mesma frase, "Sou livre, contra a sociedade organizada e vestida".
Bjs