domingo, maio 11, 2008

***



A esperança mói.

A esperança dói.

A esperança mói,

a esperança

dói porque mói;

A esperança mói;

a esperança

dói porque dói.

A esperança mói

mói mói

dói

Cassiano Ricardo, "Moinho"

Foto:Yuri Bonder

Poema "roubado" descaradamente à Eli

5 comentários:

Papoilas de Abril disse...

....no amor também é assim,não mata mas mói...e então quando amamos em silêncio....ai é que somos apanhados na grande armadilha do mói...mói...mói.
Haja esperânça,e muita alegria.
*

Paula Raposo disse...

E é que é mesmo assim! A esperança mói doendo, dói moendo...e ´vai daí não morre...beijos.

fresquinha disse...

Mudei de casa, Wind.

Estou em www.acolherdoproximo.blogspot.com

Até lá,

Bj

Special K disse...

Dói e mói mas não há vida sem esperança.
Bjks

Su disse...

e doiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii


jocas maradas