segunda-feira, julho 23, 2012

O teu nome



Flor de acaso ou ave deslumbrante,
Palavra tremendo nas redes da poesia,
O teu nome, como o destino, chega,
O teu nome, meu amor, o teu nome nascendo,
De todas as cores do dia!

Alexandre O'Neill

Imagem retirada do Google

2 comentários:

Fatyly disse...

Muito bonito e a foto também.

Beijocas e um bom dia

Observador disse...

Isabel, não aviso mais vez nenhuma.
Para de colocar coisas boas e bonitas!!!

Assim, quem é que resiste a passar por cá?

Hummm, marota, é mesmo essa a intenção.
Fazes bem, quem vem aqui fá-lo por gosto.

Bj