quinta-feira, janeiro 13, 2011

Sê tu a palavra



1.
Sê tu a palavra,
branca rosa brava.

2.
Só o desejo é matinal.

3.
Poupar o coração
é permitir à morte
coroar-se de alegria.

4.
Morre
de ter ousado
na água amar o fogo.

5.
Beber-te a sede e partir
- eu sou de tão longe.

6.
Da chama à espada
o caminho é solitário.

7.
Que me quereis,
se me não dais
o que é tão meu?

Eugénio de Andrade

Imagem retirada do Google

4 comentários:

Paula Raposo disse...

Lindíssimo! Nunca tinha lido.
Beijos.

Observador disse...

Gostei.

Não conhecia.

Fatyly disse...

Tão simples e imensamente belo e grandioso. Adorei e também não conhecia.

Beijocas e um bom serão

Mar Arável disse...

O nosso Eugénio

sempre