segunda-feira, julho 14, 2008

O leito



O leito conserva
o sono e o sonho
da mulher amada.
A macia espádua,
o ventre de lava,
o braço e a espada,
a mão e a chave,
a areia do seio.

No corpo da mulher,
o leito feito pássaro adormece.

António Rebordão Navarro

Foto:Stanmarek

4 comentários:

Fatyly disse...

lindissimo!

Uma boa segunda feira************

Paula Raposo disse...

Sensual! Adorei!

Menina_marota disse...

Não conhecia este poema. Gostei muito!
Bj

papagueno disse...

Simplesmente lindo.
Bjs