quarta-feira, janeiro 15, 2014

O Velho e a Flor




Por céus e mares eu andei
Vi um poeta e vi um rei
Na esperança de saber o que é o amor
Ninguém sabia me dizer
E eu já queria até morrer
Quando um velhinho com uma flor assim falou


O amor é o carinho
É o espinho que não se vê em cada flor
É a vida quando
Chega sangrando
Aberta em pétalas de amor
Vinicius de Moraes
Imagem retirada do Google

3 comentários:

Fatyly disse...

e é de facto! Nunca é demais ler Vinicius e gostei imenso!

Beijocas e um bom dia,amiga

Observador disse...

Não vale a pena comentar Vinicius. É bom demais.

Bjs

FireHead disse...

Voltaram os poemas! E eu também decidi voltar a escrever. A pedido de várias famílias. Ou melhor, a pedido de alguém especial. :)