sexta-feira, junho 21, 2013

Perfume



Nomearás
a abelha. Do mel
só conheces
o perfume, a pálida
rosa dos favos
em botão. O gesto
suspenso à espera
da mão esquiva
que o sustente.


Albano Martins

Imagem retirada do Google

3 comentários:

Fatyly disse...

Tão simples e belo! Gostei imenso!

Beijocas

Observador disse...

Escrito por um homem, parece perfume de mulher.

Gosto.

Bj

FireHead disse...

O problema é a qualidade do mel. Há abelhas e abelhas, umas mais competentes que outras. :P