segunda-feira, janeiro 28, 2013

Lua


Entre a terra e os astros, flor intensa.
Nascida do silêncio, a lua cheia
Dá vertigens ao mar e azula a areia,
E a terra segue-a em êxtases suspensa.

Sophia de Mello Breyner Andresen

Imagem retirada do Google

4 comentários:

John L.S. disse...

Profundamente belo...

Ricardo Meneses disse...

Belo...tão só, belo!

Beijinho e boa semana, cara amiga!

Observador disse...

Quatro linhas e tanta coisa dita...

Bj e boa semana.

FireHead disse...

O único satélite natural da Terra. :)