quarta-feira, novembro 12, 2014

Andam palavras na noite



Andam palavras na noite
Cansadas de me chamar.
Trago os meus lábios salgados
E algas no paladar.


Eu sou um grande oceano
Que só fala a voz do mar!
Mas já sinto o mar cansado
De pedir o luar ao céu
Que a Noite não lhe quer dar!


Natália Correia

Imagem retirada do Google

4 comentários:

Fatyly disse...

Que poemão tão verdadeiro! Gostei imenso!

Beijocas e um bom dia

FireHead disse...

Um bom jogo de palavras. Para mim o que estragou o poema é a existência de mais um verso. :P

Observador disse...

Interessante.
Confesso a minha dificuldade de apreciar poesia, de forma adequada.
Sorry.

Nilson Barcelli disse...

Grande Natália.
Bom resto de semana, querida amiga.
Beijo.