sexta-feira, novembro 14, 2014

A paixão nua



A paixão nua e cega dos estios 
Atravessou a minha vida como rios 

Sophia de Mello Breyner Andresen

Imagem retirada do Google

5 comentários:

FireHead disse...

Ela escrevia bem. Pena o filho ser o que é.

Fatyly disse...

Uma poetisa com um sentido de liberdade e natureza nunca visto! Adorei!

Beijocas amiga

wind disse...

O filho não é para aqui chamado Firehead:)

Nilson Barcelli disse...

Palavras e foto bem integradas, para além de belíssimas.
Tem um bom fim de semana, querida amiga.
Beijo.

Observador disse...

Sophia. Está tudo dito.