terça-feira, outubro 21, 2014

Pus-me preso às minhas ordens



Pus-me preso às minhas ordens
pra não me perder de mim.

Almada Negreiros

Imagem retirada do Google

3 comentários:

FireHead disse...

O chato é que quando ele deixar de responder por si próprio. :)

Fatyly disse...

Grande verdade e por vezes é mesmo necessário!

Beijocas e por hoje fecho a leitura e desejo-te uma boa noite

Observador disse...

Uma decisão importante apresentada em apenas duas linhas.