segunda-feira, junho 04, 2012

Segue Teu Destino




Segue o teu destino,
Rega as tuas plantas,
Ama as tuas rosas.
O resto é a sombra
De árvores alheias.
A realidade
Sempre é mais ou menos
Do que nós queremos.
Só nós somos sempre
Iguais a nós-próprios.
Suave é viver
só.
Grande e nobre é sempre
Viver simplesmente.
Deixa a dor nas aras
Como ex-voto aos deuses.
Vê de longe
a vida.
Nunca a interrogues.
Ela nada pode
Dizer-te. A resposta
Está além dos deuses.
Mas serenamente
Imita o Olimpo
No teu coração.
Os deuses são deuses
Porque não se pensam.



Ricardo Reis daqui (Antes escrevi Nuno Júdice pois quando o retirei daqui, estava como sendo desse poeta.)

Imagem retirada do Google

3 comentários:

Anónimo disse...

Este texto é do Ricardo Reis, heterónimo de Fernando Pessoa

Observador disse...

Seja de quem fôr está bom. Muito bom.

Bj

Fatyly disse...

e não é que passados tantos anos... e perante a "pessegada em que estamos metidos...a receita é a mesma?

Beijocas