segunda-feira, junho 25, 2012

Música



Este é o mar
trazido pela tua voz
nas canções que-ainda-
me podes musicar;
o azul permanente
de um estado de espírito
em claves de sol.
O mar, visto daqui,
tem outra luz.
Sempre outra maré,
sempre azul,
sempre música.

Paula Raposo, in"O Laço Impenetrável do Silêncio", pág.31, Chiado Editora

Foto:Eli

5 comentários:

Paula Raposo disse...

Obrigada Isabel! Mais uma vez e sempre...beijinhos.

Observador disse...

Que bem escreve a Paula.

Bj

Paula Raposo disse...

Obrigada!

Fatyly disse...

Que maravilha de poema e desculpa e só agora comentar mas não tenho conseguido que o comentário fique pregado:)

Obrigado pela partilha desta grande poetisa.

Beijos às duas

Paula Raposo disse...

Beijinho Fatyly!