sexta-feira, setembro 13, 2013

O sorriso


Creio que foi o sorriso,
o sorriso foi quem abriu a porta.
Era um sorriso com muita luz
lá dentro, apetecia
entrar nele, tirar a roupa, ficar
nu dentro daquele sorriso.
Correr, navegar, morrer naquele sorriso.

Eugénio de Andrade

Imagem retirada do Google

4 comentários:

Observador disse...

Um sorriso e com muita Luz...
Bom demais!

A imagem é soberba.

Bjs

wind disse...

Estranho, mas não apareceram aqui os comentários do Firehead...

Nilson Barcelli disse...

Um sorriso pode abrir muitas portas...
Grande poeta Eugénio.
Isabel, tem um bom fim de semana.
Beijo.
E um sorriso...

Fatyly disse...

Um sorriso marcou, marca e marcará sempre a diferença em tudo, até no nosso estado de alma.
Gostei imenso!

Beijocas